Monthly Archives: July 2011

Respirar

Respirar, ó poema invisível! Troca incessante e pura entre o próprio ser e o espaço do mundo. Contrapeso em que ritmicamente me aconteço. : Onda única de que sou o mar gradual; tu, o mais poupado de todos os mares … Continue reading

Posted in 5 elementos | Leave a comment